Sobre o Programa

O programa é uma iniciativa das secretarias de Fomento e Incentivo à Cultura (SEFIC) e da Economia Criativa (SEC) do Ministério da Cultura (MinC). Conta, ainda, com a participação da Diretoria de Direitos Intelectuais (DDI), da Secretaria Executiva do Ministério da Cultura.

O objetivo é oferecer uma capacitação continuada e gratuita para os agentes culturais, sejam eles artistas, produtores, técnicos, gestores públicos ou administradores de empreendimentos na área da cultura e da economia criativa.

A capacitação vai ao encontro das ações estruturantes na área cultural promovidas pelo Ministério da Cultura nos últimos anos, com o objetivo de impulsionar o resgate identitário das comunidades, o acesso à cultura em sua diversidade de manifestações e o incentivo à pesquisa e à capacitação continuadas, de forma a consolidar a cultura como objeto de estudo, criar referências para quem trabalha no setor e incentivar gestores e agentes culturais a atuar de forma cada vez mais profissionalizada.

O escopo do programa de capacitação é a formação empreendedora do profissional da cultura, voltada para o conhecimento das políticas culturais desenvolvidas pelos órgãos públicos e privados, a elaboração e gerenciamento de projetos, gestão de carreiras e formatos de negócios do campo cultural, além da gestão de redes, coletivos e equipamentos culturais.

O 1º ciclo do Programa, que se chamava Programa de Capacitação em Projetos Culturais, teve como foco a qualificação de profissionais em políticas públicas de cultura e elaboração e gestão de projetos culturais. Nesta nova edição, foram inseridos conceitos relativos à economia criativa e conteúdos sobre gestão de empreendimentos criativos, ampliando o conteúdo original.

O 2º ciclo de execução do Programa de Capacitação seguirá a estrutura similar à adotada no 1º ciclo: o participante cursará as quatro etapas de acordo com seu interesse (introdução e fase avançada a distância, oficina prática presencial de elaboração de planos de negócio e projetos culturais e formação de facilitadores), sendo cada uma, a partir da 2ª etapa, condicionada à aprovação na anterior e ao local de residência e atuação do interessado, com prioridade para os residentes na cidade de realização da oficina, ou em cidades próximas, para as etapas presenciais. A 4ª etapa (Formação de Facilitadores), por se tratar de formação específica, com número reduzido de vagas, levará em conta além dessas condições, o desempenho do participante e outros critérios a serem detalhados em regulamento próprio.

O Programa de Capacitação em Gestão de Projetos e Empreendimentos Criativos compõe-se de formação a ser implementada em 4 etapas, sendo estas: a Etapa 1 com formação a distância, em ambiente virtual de aprendizagem – Moodle 2.4, no modelo sem tutoria, para a introdução dos conceitos que permeiam todo o programa; Etapa 2, subdividida em dois temas com duas fases cada um, na modalidade online, sendo a primeira sem acompanhamento de tutoria, e a segunda com acompanhamento de tutoria ativa e colaborativa, realizadas em ambiente virtual de aprendizagem – Moodle 2.4, estando a primeira fase voltada para a Gestão de Empreendimentos Criativos e a segunda para a Elaboração e Gestão de Projetos Culturais; a Etapa 3 no formato de oficinas presenciais a serem realizadas inicialmente nos 9 polos aprovados pelo MinC, a saber: POLO 1 - Belém (PA); POLO 2 - Salvador (BA); POLO 3 - Fortaleza (CE); POLO 4 - Rio Branco (AC); POLO 5 - Belo Horizonte (MG); POLO 6 - Cuiabá (MT); POLO 7 - Recife (PE); POLO 8 - Goiânia (GO); e POLO 9 - Brasília (DF) e a Etapa 4, também no formato de oficinas presenciais, consistindo na formação de Facilitadores, a serem realizadas em Brasília/DF.